Sobre protetor solar + review

18:52 Tokyo Fashion Girls 13 Comentários

Desculpem pela falta de posts recentemente! Logo logo o blog volta ao normal com as postagens diárias!

Muitas meninas me perguntam qual o protetor solar que eu uso para me manter branquinha mesmo quando eu morava em Fortaleza, porque vamo combinar né, ser branca e ter a marca da blusa no braço é O FIM!
Meu protetor solar favorito só é vendido no Brasil, é esse aqui da ADCOS que é caro pra xuxu mas é uma maravilha! Acho que ele é indicado pra usar no rosto mas eu uso no corpo e ele dura meses, é super sequinho, espalha rápido, enfim, ele é a minha maior recomendação quando se trata de proteção solar! Ele tbm tem a versão com fps 90 (ou pelo menos tinha).

Como aqui em LA não tem essa loja e o meu protetor acabou (todas se desespera) eu tive que procurar opções à venda no ebay! Li muitas reviews e fui em lojas físicas de marcas que tem disponível aqui e posso dizer com certeza: Não comprem protetor solar de marcas coreanas!
O povo coreano odeia se expôr ao sol e isso é ótimo pois os protetores tem fps bem altos, mas eles também são fissurados em hidratação, fui na The Face Shop, The History of Whoo e OHUI (as duas últimas são marcas de luxo com produtos acima de 100 dólares) e experimentei os protetores, odiei! Embora todos tenham no mínimo fps 50 a textura é muito grossa, tem cheiro e propriedades hidratantes, resultado: meleca!
Talvez algumas marcas coreanas tenham protetores mais sequinhos, mas nunca vi! Se vocês quiserem se arriscar a comprar ou se já conhecem algum que seja diferente por favor deixem a dica nos comentários :)

O pior protetor solar que já testei na vida!

Caso vocês queiram arriscar um protetor solar asiático pelo ebay eu recomendo que vocês procurem marcas japonesas por um simples motivo: O verão no Japão é úmido pra kct! Então os protetores são formulados com texturas que não sejam tão pesadas e melequentas.
A textura mais procurada por lá é a "sarasara" (さらさら) que é uma onomatopéia pra textura de uma pele sequinha e macia, minha amiga Fabi já me recomendou um da Bioré da linha Aqua onde o produto vira uma aguinha em contato com a pele, aqui o comercial dele:


A Fabi já morou no Japão um tempão, então tudo o que ela fala é regra pra mim! Ela também me disse que os filtros solares japas baratinhos que vem nesse tipo de embalagem ressecam demais a pele


Ela também me disse que em revistas japonesas eles recomendam o uso de protetores solares franceses por usarem filtros físicos minerais ao invés de filtros químicos como os japoneses e americanos. A diferença é que o físico tem ingredientes que formam uma barreira física mesmo na pele, e esta barreira não deixa os raios UV passarem. Normalmente são os filtros usados em bebês. Já o químico tem susbstâncias que interagem com os raios transformando a energia em outra, não nociva para a pele. A vantagem do filtro físico é que além de ser um material inerte (e mais caro), o efeito de filtro solar só sai depois que vc lava a pele. Já os filtros químicos, apesar de mais baratos, podem causar reações adversas e como tem duração limitada, precisam ser reaplicados constantemente.

Algumas marcas de protetores físicos estão à venda no Brasil, então é válido dar uma procurada nas farmácias boas perto de vocês.

Atenção: as regulamentações para protetor solar são diferentes dependendo do país

Como assim Luciana?
Recentemente a Anvisa decretou que os protetores vendidos no Brasil devem especificar a quantidade de proteção PPD/UVA nas embalagens, as meninas do Coisas de Diva fizeram um post excelente sobre isso aqui recomendo dar uma lida.
Resumindo: agora nas embalagens de protetores vem indicando o FPS que é o responsável para combater a vermelhidão e o ressecamento na pele, e o PPD/UVA que protege contra o fotoenvelhecimento, manchas e câncer de pele.
Em outras palavras... APENAS protetores vendidos no Brasil tem essa especificação, mas todos os protetores tem os dois tipos de proteção, apenas não são indicados na embalagem a proteção PPD, então não vão pensando que protetores de outros países são uma droga só porque não especificam isso, ok?

Caraca que post enorme! Bem, se você teve paciência de ler até aqui, vamos começar a review!

Vi uma review patrocinada desse protetor "Mentholatum sunplay Watery cool body mist sunblock FPS75PA+++" e todo mundo sabe que post patrocinado é mais polêmico do que mamilos né? Mesmo assim eu achei a proposta interessante e resolvi comprar.


A sunplay é conhecida na ásia por ter proteção solar extrema, eles tem uma linha (de embalagem vermelha) que tem FPS 130! Acho exagero, mas enfim!
Esse protetor é bem diferente porque ele é em spray e ainda promete uma sensação de "friozinho" quando você aplica, com todas essas características eu tinha que testar!


Olha, esse bixinho cumpre o que promete viu?
Ele tem o FPS muito bom, saí algumas vezes sem sombrinha só pra testar a eficiência dele e foi super aprovado, minha pele não ficou vermelha e eu não senti o sol fazendo churrasquinho das minhas células epiteliais!
Apesar de ser em spray ele é bom de espalhar, só tem que passar e espalhar bem rápido antes que ele seque, ele dá sim uma sensação de refrescância mas ela passa em 3 segundos e você sente mais calor ainda!  Sabe salompas? Pois é, mesmo efeito! XD
A única coisa que eu não gostei é que ele tem cheiro de perfume masculino, eu adoro, acho uma delícia, mas é complicado se você é uma mulher e já passa perfume, desodorante e ainda tem que ficar brigando com o perfume do protetor solar?
Por esse único motivo do cheiro eu não compraria novamente, pra mim protetor solar tem que ter proteção alta, ser sequinho, fácil de espalhar, e sem cheiro.

Continuemos com a busca!

Comprei ele por 20 dólares no ebay!

E aí meninas, quem tem experiências com protetor solar pra dividir por aqui?



13 comentários:

  1. Não sei se as revistas japonesas escrevem isto, mas se escrevem, estão erradas. É justamente o contrário: protetores japoneses costumam ser à base de "filtros físicos" (na verdade, uma mistura de ambos), enquanto que na França e Estados Unidos acho mais fácil encontrar protetores principalmente "químicos".

    Escrevi um post sobre o assunto:
    http://www.stash.com.br/2011/08/12/atualizadoprotetores-solares-fisicos/?doing_wp_cron=1348265176.3045411109924316406250

    E para o meu blog fiz um "mini guia" sobre os protetores japoneses:

    http://easttowestskincare.com/2011/12/03/guia-resumo-dos-protetores-solares-japoneses/

    ResponderExcluir
  2. Uso um da BIODERMA com FPS 100. Ele é muito bom para quem tem pele mista com tendência a oleosa (mas não recomendo para peles oleosas de fato), deixa a pele com um aspecto "aveludado".
    A embalagem vem com 40mL(dá só pro rosto mesmo, mas a BIODERMA tem uma versão para o corpo com o mesmo FPS)e custa uns R$85. Vale cada centavo.

    ResponderExcluir
  3. Quero muito comprar protetores asiáticos porque lá eles valorizam pele branquinha ;_; (não é que nem aqui que BRONZEADOR BRONZEADOR PROTETOR QUE BRONZEIA )
    Tenho um BB cream desses water drop, realmente viram água em contato com a pele, é muito legal e refrescante xD porém a cobertura não é tão boa >:

    ResponderExcluir
  4. Bem legal o post!! Mas ter pele branquinha pra mim não importa mais, já nasci morena mesmo, o que me importa, quando se trata de exposição solar é o fotoenvelhecimento, o câncer de pele e as manchas causadas pelo sol. Esses sim, são o "ÓH!" para qual quer tipo de pele, e por isso eu uso um da La Roche Possay, e estou muito satisfeita com os resultados. Não é asiático, mas recomendaria até pra quem tem a pele branquinha, ele protege bem (uso 60, mas acho que tem fatores mais altos, não tenho certeza).

    ResponderExcluir
  5. Pedro, eu tambem achei que a informaçao esta equivocada! Eu ja ia te perguntar sobre isso, ja que eu acompanho o seu blog - adoro! - e sei que tu pesquisas bastante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Pedro, tudo bom? Infelizmente as revistas japas eu deixei lá antes de voltar pro Brasil ano passado. Eu fui até aconselhada pelo dermatologista japonês a não usar mais filtros solares japoneses de farmácia (pelo menos no rosto) justamente porque eles têm filtros químicos e físicos misturados, como vc disse.

    A história é a seguinte: sou descendente de japoneses de pele bem clara e quando tomo Sol eu não bronzeio, fico vermelha e depois minha pele descasca toda (tanto é que faz mais de 20 anos que não vou à praia depois de ter ficado com queimaduras horrorosas pelo corpo todo quando era criança). Enfim, em um belo sábado de verão no Japão eu tive que resolver umas coisas na parte da manhã e como sempre, fui e voltei de bicicleta. Era umas 9h da manhã e óbvio que passei filtro solar antes de sair de casa. Quando cheguei em casa estava com o nariz e bochechas cheios de bolhas vermelhas que depois descascaram e fiquei 1 semana com a cara em frangalhos. Fui no dermatologista e desde então não uso mais filtros solares com nenhum tipo de filtro químico como avobenzona, mexoryl e etc. Nos braços posso usar filtro japa, porque mesmo que tenha queimaduras não fica tão feio quanto no rosto.

    Daí eu li (se não me falha a memória na revista Maquia) uma reportagem sobre filtros solares para peles sensíveis. Como no Japão é muito difícil achar filtro solar sem absolutamente nenhum filtro químico (eles sempre misturam), os mais indicados eram os estrangeiros como as linhas da Avene e Vichy para peles sensíveis (que eu já usei e são muito bons), Dr Hauschka, John Masters, Neil's Yard, etc.

    Então pra quem mora no Japão e tem sensibilidade à qualquer tipo de filtro químico, os dermatologistas recomendam filtros solares estrangeiros que usem apenas filtros físicos, simplesmente pq praticamente não há opções nacionais (japonesas) que sejam 100% livres daquilo que eles chamam de 紫外線吸収剤 (shigaisenkyuushuuzai que ao pé-da-letra significa "substância que absorve radiação ultravioleta).

    Se vc tiver curiosidade em ver algumas marcas estrangeiras recomendadas no Japão para peles sensíveis (fora as já bem conhecidas), vc pode ver aqui: http://www.cuo-re.jp/sfa/sunprotect-02.html

    ResponderExcluir
  7. Ah sim, se alguém mais tiver o mesmo problema com filtros solares químicos, já faz tempo que eu uso no rosto o L’Occitane Imortelle Very Precious Fluid SPF 40 (ótimo, sequinho) e nos braços e mãos uso o Uriage BariéSun pour Zones Fragiles. Uso eles no escaldante sol do Brasil e eles resistem firmes e fortes, sem vermelhidão e queimaduras! :DDD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabi. Na verdade, o difícil é achar um protetor 100% físico nas marcas ocidentais - como Vichy, por exemplo. Não conheço nenhum...

      Uma protetor típico da Vichy (Capital Soleil FPS 30 em creme, para o rosto):

      Aqua /water, c12-15 alkyl benzoate, glycerin, propylene glycol, isohexadecane, titanium dioxide, butyl metthoxydibenzoylmethane, nylon-12, octocrylene, zea mays starch/corn starch, alcohol denat., potassium cetyl phosphate, synthetic wax, ethylhexyl triazone, acrylates/c10-30 alkyl acrylate crosspolymer, aluminum hydroxide, bis-ethylhexyloxyphenol methoxyphenyl triazine, caprylyl glycol, dimethicone, disodium edta, drometrizole triloxane, glyceril stearate, palmic acid, peg-100 stearate, phenoxyethanol, silica, stearic acid, tocopherol, triethanolamine, xanthan gum, parfum/fragrance.

      Como consta nos ingredientes, além de protetores físicos (dióxido de titânio), há os "químicos", como butyl metthoxydibenzoylmethane (avobenzone), drometrizole triloxane (Mexoryl XL) etc.

      Noto que é bem mais fácil encontrar protetores 100% físicos no Japão. No site da Ratzilla, por exemplo, há uma lista com dezenas e dezenas de protetores japoneses 100% físicos - e olha que ela nem chegou a citar todos:

      http://www.ratzillacosme.com/index/japanese-physical-sunscreen-list/

      Bom, mas isto não vem muito ao caso, o que importa é que encontraste um que deu certo na tua pele, seja japonês ou não. :)

      Abraço.


      Excluir
    2. Oi Fabi, tudo bem?

      Eu troquei meus filtros solares, a maioria de marcas franceses comercializadas no Brasil, pelos filtros japoneses. Concordo com o Pedro, o mais “difícil” é encontrar filtros japoneses sem grandes quantidades de filtros físicos. No meu blog eu resenho sobre vários protetores asiáticos que eu uso/ usei, fiz até um “ranking” onde comento sobre os produtos com possibilidades de “White cast” justamente pela quantidade de filtros minerais:

      http://vanitypills.net/2012/08/03/ranking-goober-filtros-solares-japoneses/

      Eu poderia citar três pontos para preferir filtros japoneses:

      - Filtros minerais: como você comentou, eu também tenho pele muito sensível e prefiro filtros minerais. Os filtros japoneses se não são 100% minerais, têm uma quantidade muito grande deles, até superior que os filtros 100% minerais ocidentais. Por exemplo, o SkinCeuticals Sheer Physical UV Defense SPF 50, 100 % mineral, com 5% de Óxido de Zinco e 6% de Dióxido de Titânio. O Bioré Milk SPF 50+ tem uns 13% de óxido de Zinco, além de Dióxido de Titânio e um filtro químico. Todos os filtros da Sofina e Kanebo Allie que eu uso, não são 100% minerais, mas têm quantidades superiores de filtros físicos.

      - Cosmética: o maior problema de usar protetores 100% ou com alguma quantidade de filtros minerais de marcas francesas ou americanas é a textura: são grossos, ou mesmo leves, ocasionam um white cast na pele. Alguns parecem uma massa corrida. E olha que até mesmo quem tem pele bem clara reclama disso. Fica impossível reaplicar. Os filtros japoneses, mesmo 100% minerais, são mais leves, podem até dar uma leve palidez em peles morenas ou negras, mas alguns são totalmente transparentes. Tem uma cosmética excelente. Os da marca Kanebo Allie tem uns 14%de filtro mineral e até peles morenas conseguem usá-los. Usei um Kosé com 19% de filtro mineral que parecia um hidratante, nada de aparência branca.

      - Custo: filtros 100% físicos ou com alguma quantidade deles são dispendiosos se forem comprados aqui ou de marcas estrangeiras ocidentais. São vendidos para peles intolerantes, sensíveis ou de crianças, custam, em média, uns 80 reais. O L'Occitane que tu citastes é caríssimo, embora ótimo, para o meu bolso. Contrapartida, você encontra filtros “populares” japoneses com filtros minerais em supermercados. A questão de serem secos ou úmidos demais pode ser contornada pela variedade de produtos, ou mesmo, indicações de tipos de peles diferentes do mesmo produto. Eu uso um da linha Solanoveil com muito filtro mineral que, mesmo comprando de uma revendedora no Brasil, custa o valor de um Sundown de farmácia.

      Por fim, desculpe o comentário longo, eu também tenho uma pele clara e sensível e optei pelos filtros asiáticos pela praticidade de encontrar ingredientes minerais em grandes quantidades, boa textura e excelente valor. Eu gasto um frasco de protetor facial por mês. Estava impossível manter isso comprando produtos no Brasil. Eu estou agora buscando filtros japoneses com quantidade inferior de filtros minerais para indicar aos leitores de pele negra e não está sendo fácil..rs

      Excluir
  8. Sem problemas querida, todo mundo sabe que todos temos obrigações e afazeres...pode postar quando tiver tempo, mas é sempre um prazer ler os posts aqui! Amei o cantinho de vcs!
    Esse era o post que eu estava esperando! Porque proteção solar é importantíssimo pra manter a pele bonita (a curto e principalmente a longo prazo), já li e concordo plenamente com alguém que afirmou que um dos tratamentos de beleza mais eficientes é se proteger do sol, e não é verdade? ^^
    Eu sofria muitoooo com essa marca da blusa no braço! loool Uma vez me disseram que era marca de braço de pedreiro! XD
    Vejo tanta gente falando desse protetor da Bioré! Já está na minha wishlist, e o melhor, mesmo comprando pelo ebay ainda fica mais barato do que protetores nacionais considerados mais 'secos' né?

    ResponderExcluir
  9. Eu fiz uma série de dois peelings na minha pele que a sensibilizaram terrivelmente (sou morena clara amarelada) e daí fui atrás de protetores mais fortes do que o Spectraban que costumava usar.
    Após pesquisar mto na net, me decidi pelo Bioderma Photoderm fps100.
    Minha pele é mista e apesar dele ter uma consistência mais "pesada", não tive problemas com a textura, apenas com o brilho, que eu consegui resolver usando o tb descoberto na net, pó facial fps30, da Maybelline, que custa apenas 16 reais!!!
    Minha pele está completamente descamada por causa do peeling, tô tipo uma cobra e essa dupla me ajudou bastante, por isso acredito que quando a pele estiver lisinha, vai me ajudar muito a controlar minhas machinhas de espinha.
    Nota 10!!

    ResponderExcluir
  10. Peraí pessoal,

    Eu adorei o post e tudo mais. Mas vocês poderiam me indicar os melhores filtros solares para quem tem pele oleosa e pele branca?

    ResponderExcluir
  11. Fabi, estou a pouco tempo no Japao, trouxe uns filtros da la roche mas estao terminado. Tenho manchas no rosto e preciso sempre usar, me indique por favor um protetor fisico e um quimico bons que eu possa comprar aqui no Japao. Arigato!! Suzana.

    ResponderExcluir