O sucesso de Dakota Rose no oriente

07:30 Tokyo Fashion Girls 50 Comentários

Acho que todo mundo aqui já conhece ou pelo menos ouviu falar da Dakota Rose (ou Dakota Koti), quem nunca assistiu os vídeos dela pelo menos ouviu o bafafá enorme que foi feito depois que ela apareceu em um programa de TV no Japão bem diferente da imagem que ela tem na internet.


Vou poupar esse post de detalhes, mas rolaram blogs, tumblrs, perfis fakes e tudo mais o que vc possa imaginar pra mostrar "a fraude" Dakota Rose... mas isso não adiantou!

O sucesso da menina é tão grande que ela já viajou para vários países da ásia para fazer ensaios e editoriais, vamos dar uma olhadinha nas campanhas que ela já fez por lá?



Essas são publicações japonesas, além disso ela é modelo propaganda da Ufufu girls e os anúncios aparecem em várias revistas japonesas como Vivi, Blenda, Popteen, etc.



Aqui abaixo tem um vídeo de uma campanha que ela fez para a Ufufugirls.


Além disso ela fez a sua própria coleção de roupas para a marca Anita Arenberg.

Photobucket

Photobucket

E ela não para por aí, no Japão ela já fez comerciais para jogos, participações em programas e outros editoriais.
Outro país que está adorando a menina é a Coréia do Sul.





Essas 3 últimas páginas são da Elle Girl coreana, que falam sobre a campanha dela para a máscara "3 step volumecara" da Etude House. Aqui tem um programa de TV coreano onde ela foi convidada e faz uma demonstração da maquiagem que ela usa.


Photobucket

Ela ainda fez parte desse vídeo onde ela mostra alguns produtos da Etude que teoricamente são usados para conseguir o seu "doll look".



É gente, uma coisa a gente tem que admitir... sendo uma beleza fake ou não, ela sendo chata ou não, o importante é que ela tá aí fazendo o maior sucesso! Já pode esperar que ela faça um contrato com a Vivi? hehe!

50 comentários:

♥ Almanaque Tokyo - Takenokozoku ♥

14:03 Tokyo Fashion Girls 4 Comentários

Estou preparando um Almanaque Tokyo sobre Decora e achei interessante falar primeiro sobre o estilo que surgiu mais de 20 anos antes mas que serviu de inspiração para o movimento Decora da atualidade. Hoje eu apresento a vocês o Takenokozoku.

Como começou?

No começo de 1978 uma rua atrás do Yoyogi Park em Harajuku foi fechada para o tráfego de carros, apenas pessoas poderiam circular por ali, essas partes do Japão sem automóveis são chamadas de Hokosha Tengoku (歩行者天国) ou "Paraíso dos pedestres".
Nessa época, adolescentes que eram muito novos (ou muito pobres) pra ir para clubes começaram a invadir o Hoshoka Tengoku com caixas de som para dançarem o dia inteiro, o auge desse movimento foi em 1979 quando cerca de cinco mil adolescentes se reuniam toda a semana para dançar, esse grupo era chamado de Takenokozoku (Tribo do broto de bambu).



O Takenokozoku

Os membros dessa tribo foram os primeiros a reinventar o distrito de Harajuku e transformá-lo em um paraíso para a moda de rua. As garotas eram maioria e se vestiam com acessórios baratos como pulseiras de plásticos, contas, e bichos de pelúcia comprados nas lojas do distrito. As roupas eram inspiradas por designers e boutiques de Harajuku mas nem todas tinham dinheiro para comprar, então muitas vezes elas acabavam fazendo as suas próprias roupas, se tornando as primeiras "Harajuku girls".


Tanto as roupas que elas usavam como o nome da tribo foram baseados em uma boutique de Harajuku chamada "Takenoko" que abriu em 1978 (e continua aberta até hoje) e venda roupas soltas inspiradas em roupas tradicionais japonesas como os Kimonos da era Heian. Como as roupas da Takenoko eram muito caras as meninas tinham que costurar e customizar as suas roupas sozinhas, mas os resultados acabavam deixando elas mais parecidas com operários de construção.


Os verdadeiros Kimonos da Era Heian

As roupas eram mais soltinhas, normalmente feita de poliéster com cores brilhantes e decorados com Kanjis, nos pés eram usados sapatos de Kung-fu ou sapatos escolares por serem mais confortáveis para aguentar as horas e horas de dança.

Diferentemente da história das gyaru, o decora não começou como uma tribo transgressora, o máximo que as Takenokozoku faziam era roubar banners e faixas de lojas e usá-las como capas. Os seus acessórios favoritos eram laços enormes, colares de pérolas falsas, chapéus e adesivos que diziam "Oi, meu nome é..." tipicamente usados nas escolas de ensino fundamental.



Perfil das Takenokozoku no livro "Japanese schoolgirl inferno" Ilustração de Kazumi Nonaka

As garotas do Takenokozoku poderiam usar roupas meio esquisitas e acessórios de gosto duvidoso que não duraram muito tempo, mas uma coisa nós temos que respeitar: nada do estilo delas foi baseado em influências externas, tudo o que era usado era essencialmente Japonês!



Boutique takenoko nos dias atuais

As Takenokozoku dançavam algo muito parecido com o Para-Para (que hoje em dia é uma dança tipicamente gyaru), os passos eram derivados da tradicional dança Odori que era apresentada em templos e celebrações religiosas. Não importava a música, qualquer coisa que estivesse no topo das paradas era suficiente para passarem o dia dançando.

Juntamente com os Takenokozoku o Hoshoka Tengoku de Harajuku tinha várias pessoas adeptas ao rockabillu, rapazes vestidos de Elvis e meninas de Pin-ups, as duas tribos não se entendiam muito bem e as brigas eram constantes. No verão de 1979 a mídia descobriu os Takenokozoku e passou a fazer várias reportagens na área, até que um dançarino chamado Hiroyiki Okita foi descoberto por u olheiro e se tornou um pop star e ator de televisão, com isso o Hoshoka Tengoku começou a ser frequentado por pessoas que estavam lá só à procura de fama e tentavam se vestir da maneira mais chamativa possível para tentar a sorte no estrelato, os Takenokozoku começaram a se dispersar, muitos aderiram ao "American casual" e os Takenokozoku aos poucos desapareceram.

Depois do desaparecimento do estilo a rua foi tomada pelos covers de Elvis e muitos outros estilos começaram lá, até que em 1998 a rua foi aberta novamente para o tráfego de carros.



As Takenokozoku foram as primeiras representantes do que hoje é conhecido como "Harajuku style" que abrange vários estilos, um deles é o Decora, que será o tema do próximo Almanaque Tokyo, fiquem ligadas!


Fotos: Google
Fonte: "Japanese schoolgirl inferno" - Patrick Macias e Izumi Evers. Traduzido no Brasil como "Tokyo girls" 

4 comentários:

New cheek items

07:00 Tokyo Fashion Girls 6 Comentários

Eu sempre ficava meio "nhé" com os blushes de marcas japonesas... as embalagens são sempre as mesmas independente da estação, as cores sempre iguais: geralmente 2 tons de rosa e um laranja, além de serem em grande maioria blushes em pó.
Felizmente nesse final de ano estão lançando vários blushes diferentes, tanto em questão de cor quanto na textura, separei pra esse post os que mais me chamaram a atenção.

Majolica Majorca cream de cheek

Acho que esse é o blush que está sendo mais comentado no momento! A embalagem e o aplicador lembram um vidrinho de esmalte e a textura é tipo um gel.
Disponível em 4 cores: RD-310, RD-411, PK-312 e OR-313
Preço: 800Y

Swatches feitas pela Kaori (Ruki_rukia no instagram, muito obrigada pelas fotos *__*)

Photobucket

Photobucket


As cores estão na ordem RD-310, RD-411, PK-312 e OR-313, achei todas as cores um amor, principalmente o RD-411 que é um coral meio avermelhado que está super em alta, só o laranja que é meio feinho, eu e a Kaori concordamos que o fundo amarelado dele deixou a cor com cara de doente.

Visée mineral liquid cheeks


Outro que está dando o que falar, mas no caso da Visée é por causa da qualidade do produto. O blush é mineral e tem textura líquida, o tamanho também agradou, tem 10ml!
Disponível em 4 cores: PK-800, PK-802, OR-200 e RD-400
Preço: 808Y

Photobucket

Photobucket

Photobucket 

Apesar de não ter um bico dosador muito eficiente esse blush é pra durar a vida inteira porque só é necessária uma gotinha já que ele é líquido e espalha bastante.

Canmake cream cheek


A canmake lançou mais 3 cores pros blushes em creme sendo que uma delas foi edição limitada e já foi removida do site da marca.
O diferencial nesses blushes é a cor, percebi que outras marcas estão apostando em tons vermelhinhos mas a canmake veio e lançou 3 cores super diferentes e ótimas para meninas de pele morena e negra. 
O CL01 - clear red heart é um vermelhinho, o CL02 - Clear love song pink é um rosa mauve e o CL03 - Clear sunset que é um rosa melancia LINDO (esse era a edição limitada).
Preço: 609Y

Photobucket

Photobucket

Essas são as cores dos blushes novos, o da direita é o que está esgotado. Infelizmente até agora nenhuma loja online que eu conheça colocou eles à venda, geralmente os itens só vão pras lojas online como o ichibankao ou o ebay depois de algum tempo, então só nos resta esperar!

Fiquei muito feliz com a popularidade do blush vermelhinho principalmente porque eu sei que tem meninas com a pele mais escura que gostam de marcas japonesas mas nunca puderam comprar blushes porque a maioria das cores não combinam com o tom de pele! 

Esses três foram os lançamentos mais recentes, mas caso vocês estejam curiosas pra ver outros tipos de blush também podem testar esses:

Esprique Melty fix cheek (blush em bastão, lançado em 2011)


KATE cream cheek


Addiction cheek stick


Os blushes da Addiction sempre são assim multiuso! Dá pra usar como blush, sombra e batom, é o produto mais famoso da marca!

E aí meninas, curiosas pra testar algum desses lançamentos? Eu adorei as cores vermelhinhas, achei super diferente!


6 comentários:

Comprando de blogs: prós e contras

06:30 Tokyo Fashion Girls 3 Comentários

Olá meninas! Desculpem a falta de posts recentemente, eu voltei semana passada pro Brasil e estou na correria até agora!
Como eu ainda não consegui parar e dar uma lida nas revistas atuais e não tenho tempo de fazer pesquisas pra outros posts resolvi falar um pouco de um tipo de compra que eu gosto bastante e que pouca gente faz: comprar de blogs.

Com esse aumento no número de blogs de moda e maquiagem e o aumento do consumo muitas blogueiras acabam comprando mais coisas do que conseguem usar (no caso de maquiagens) ou vendem peças de roupa que não gostam mais mas por ser de marca ainda tem um valor comercial.
Nesse post vou falar sobre algumas das minhas experiências com esse tipo de compra e dar algumas dicas!

Do blog Lotus Palace

Photobucket

O Lotus palace era um dos meus blogs favoritos quando eu comecei a me interessar por maquiagem asiática, para quem quiser visitar vale a pena ver as reviews mesmo que sejam de produtos antigos!
Infelizmente a Kathy abandonou o blog e em maio ela fez uma BIG SALE vendendo os itens dela a preços ridículos! Eu comprei esses 5 itens da foto: um blush melliesh, iluminadores Integrate e Lunasol, gloss Lunasol e batom Coffret d'or por cerca de 80 reais com o frete incluso da Europa pro Brasil! 
Sim, todos os itens estão no mínimo testados e sem embalagem, mas compensa muito pela economia (só o batom da Coffret d'or custa uns 60 reais).
Sem contar que a Kathy é uma fofa! Eu já tinha comprado com ela anteriormente e fico ansiosa esperando que ela anuncie outra sale!

Do blog Hope-inablog


Photobucket

Esse foi o blog de onde eu comprei mais coisas, mas também foi o que eu fiquei mais chateada com as compras!
Primeiro comprei um set de produtos da Elishacoy, um creme para os olhos e um BB cream por cerca de 160 reais, o envio foi feito super rápido e o Jonathan incluiu um monte de amostras super generosas, o problema foi que ele esqueceu de colocar o creme pros olhos, ele me mandou um email informando uns 2 dias depois de ter enviado e enviou o creme separado.


Photobucket

Junto com o creme vieram mais amostras, eu adorei porque sempre costumo mandar amostras nos meus shopping services!
Depois de mais algum tempo ele colocou mais itens à venda e eu comprei alguns

Photobucket

Eu comprei 3 sets de amostras deluxe de marcas de luxo coreanas... Sulwhasoo, Danahan e Hanyul.
Apesar de ter custado quase o mesmo preço do pacote anterior ele não incluiu nenhuma amostra, o que me deixou meio tristinha mas eu teria relevado, o problema é que ele não protege os produtos, todas as coisas que eu comprei dele foram enviadas soltas, o primeiro pacote veio em uma caixa e chegou certinho mas o segundo veio em um pacotinho de plástico, resoltados: uma das garrafinhas da Sulwhasoo chegou quebrada, ainda bem que eu encomendei isso quando estava nos EUA onde eles tratam melhos os pacotes, mas imagina isso vindo pro Brasil onde o pessoal dos correios joga as caixas como se estivesse brincando de carimba? Além disso ele novamente esqueceu de me enviar um produto, no anúncio do blog o kit da Hanyul viria acompanhado com um cleansing foam, quando enviei um email pra ele falando mais ou menos "oi, eu recebi as amostras hoje, mas você esqueceu de mandar o foam" ele apenas me respondeu com um "ah, desculpe, espero que vc goste dos itens". Poxa, ele nem ao menos se ofereceu pra enviar o que estava faltando? E os kits não foram baratos!! Fiquei muito chateada e decidi não reclamar até porque ele estava de mudança e pode ter se esquecido por causa da correria, mas gostaria de ter ouvido uma desculpa!



Photobucket

Acho que todo mundo aqui deve conhecer o blog da Mitsu né? Ela fez um post com vendas recentemente e esse sapato logo me chamou a atenção! É o sapato com salto de coluna vertebral da Glad News que esgotou em poucos dias nas lojas online.
Custou bem caro mas valeu a pena por vários motivos:
1- É LINDO
2- Nunca foi usado
3- O tamanho L não estava disponível para venda online, esse ela comprou na loja física no Japão
4- É LINDO
5- É super confortável.
6- Ela vendeu com um bom desconto.

Eu não vi o preço dele na época que estava à venda, mas no site deles tem um modelo parecido que custa 440 reais, fora os fretes pro Japão e pro Brasil e o shopping service do Tenso! No taobao ele sairia por cerca de 600 reais e deus sabe se é original!!! Eu comprei por um valor menor do que o que a loja online deles está cobrando e além disso a Mitsu ainda foi super atenciosa e respondeu as minhas perguntas a respeito da altura do salto, tamanho, e ainda reservou ele por cerca de uma semana enquanto eu esperava a fatura do cartão fechar (pobre é foda!).

Prós e contras das compras em blogs

Prós

- Preço mais acessível 
- Facilidade para combinar o frete (colocar todos os itens na mesma caixa)
- Brindes (às vezes)
- Por serem enviados de pessoa física para pessoa física a Receita Federal geralmente não taxa.

Contras

- As compras estão mais sujeitas à falhas humanas já que as pessoas não são profissionais no setor de vendas, as falhas incluem pouca proteção do produto e itens faltando.
- Geralmente o pessoal não envia pro Brasil, quando envia é mais caro.
- O paypal é a única forma de pagamento, que não pode ser parcelada.

Dicas úteis

Quais blogs fazem esse tipo de venda?

- Tenha sempre uma lista de blogs que usem o estilo que você gosta, caso você seja lolita e goste de maquiagens japonesas procure blogs que falam sobre esses dois assuntos.
- Escolha blogs que falam inglês e que sejam de países onde os correios são mais baratos como os EUA, Alemanha, Japão, etc. O importante de ser um blog em inglês é porque ele é aberto para o mundo inteiro então provavelmente caso haja uma venda ela será disponível para o mundo todo.
- Escolha blogs que não sejam muito famosos, por exemplo, a Xiaxue e a Cheesie organizaram vendas de roupas e cosméticos que elas não usam esse ano, mas como elas são muito populares fizeram apenas um Bazar nas cidades que elas moram, ir no correio enviar produto dá trabalho!
- Escolha blogs que as donas mostram ser compradoras compulsivas, que postam fotos de compras e sempre fazem reviews de produtos.

Como saber quando um blog tem essas vendas?

- Como a maioria do pessoal que fala sobre maquiagem oriental é oriental eles seguem algumas tradições, uma delas é a de que você tem que começar o ano sem coisas entulhadas que você não usa mais, então muitas vezes eles fazem vendas no final do ano. Além disso algumas pessoas vendem as coisas que não usam mais para comprar itens novos pro natal e ano novo!
- O começo e o meio do ano são bons para comprar roupas! Tanto para vendas de blogs quanto para promoções em sites pois é a época de troca de estação, em fevereiro começam a ser vendidas as roupas de verão e em agosto começam a ser vendidas as roupas de outono, então um mês antes os sites começam com os "Markdown" colocando descontos nas peças que estarão fora de estação em breve. (me refiro a sites japoneses).
- Sempre dê uma olhadinha nas listas de blogs por onde você passa: é impossível acompanhar todos os blogs do mundo, mas pelas atualizações nas listas de blogs dá pra ver qual foi o último post e algumas vezes estão relacionados à vendas

Photobucket

Por exemplo, esse é um pedaço da lista de blogs do cutenessandme e no primeiro link tem o anúncio de umas vendas, que infelizmente serão em um bazar e não online, mas são uma boa opção pra ficar acompanhando e também pra descobrir novos blogs ^^

Como saber se o blog tem um dono confiável?

-Você pode pesquisar por vendas anteriores, tweets de resposta com agradecimento pela encomenda, comentários, reviews em outros blogs, esse tipo de coisa.
- A maioria dos blogs enviam os produtos com número de registro

Espero que esse post tenha sido útil e que tenha aberto novas possibilidades para as comprinhas de vocês, nós sempre avisamos no nosso facebook e twitter quando descobrimos algum blog com vendas, então é só curtir ou seguir a gente para saber se tem algo rolando ^^

3 comentários:

Moda Coreana: Praia

07:30 Mandy Carol 2 Comentários



Pegando onda no post de Moda Verão Coreana, venho falar sobre moda praia. Para nos preparar bem pras férias vamos dar uma olhada na moda asiática?

·        Vestidos de Praia
Procure vestidos confortáveis, a moda coreana traz uma gama de vestidos de tecidos leves, super longos ou médios. As padronagens preferidas são as florais, listradas e tribais, tudo muito colorido, com uma paleta de cores exóticas e vivas, bem cara de verão!

 

O listrado sai do convencional pretoxbranco e vem numa cascata de cores.

  

Mas também pode ver prints de animais, leopardo e zebra, se mesclando com o tecido. Os vestidos em geral possuem um estilo muito boêmio, elegante e romântico.

   

 ·        Biquinis
Os biquinis tão com um ar bem retro, escolha o que melhor faz seu estilo e completa sua silhueta.

  

·        Sacolas de Praia
Outro acessório bem versátil e funcional, escolha um daqueles bem grandes e espaçosos.

 

·        Chapéus
Chapéus de abas largas, que dão um ar elegante, bonés de beisebol, ao estilo hipster ou chapéu Panamá (Fedora).

 

Coreano não é muito de ir a praia pra pegar sol, como explicamos antes eles preferem uma pele branquinha e saudável, e o sol agredi a pele, sendo a algo a evitar e combater com protetores solares mega fortes. Tanto é que os vestidos são os mais vistos. Capricha no protetor solar, coloque um óculos escuros e vá aproveitar, seja numa praia, piscina ou clube.


2 comentários: