Como programar sua viagem ao Japão [Parte 1]

15:00 Tokyo Fashion Girls 8 Comentários

Oi meninas!

Gente, eu ainda estou me sentindo um pouco perdida com assuntos pros posts então se vocês tiverem alguma sugestão POR FAVOR me mandem um comentário aqui, no facebook ou twitter que eu vou ficar muito feliz de saber o que vocês querem ver por aqui!

Bom, como não tenho muitas idéias do que posso vir postar aqui resolvi começar com uma série a respeito de programar sua viagem para o Japão! Já vi vários blogs fazerem o mesmo então se ficar repetitivo vai parar na parte 1! HÁ!

Espero que esse post ajude as meninas que como eu sonham em viajar para o Japão mas não sabem por onde começar nem os passos que tem que ser feitos para chegar lá!
Esse post será destinado a dar dicas para as pessoas que querem ir ao Japão com objetivo de turismo, então não posso dar dicas sobre visto de trabalho, residência permanente, casamento, etc. ok?

1. Juntar dinheiro



Na verdade essa é a dica nº1 para quase todas as viagens.
Um pouco depois que comecei o blog eu já tinha uma vontade enorme de ir ao Japão mas me faltava o capital necessário para isso!
Sei que para meninas que tem família, filhos e responsabilidades em casa fica bem mais difícil juntar dinheiro mas para provar que dá para viajar sem ter que ganhar muito, da primeira vez que fui aos EUA passar uma semana eu era estagiária e ganhava 1 salário mínimo (isso foi em 2011). Paguei todas as minhas despesas de visto, passagem e ainda troquei um dinheiro pra gastar lá (O dólar era menos de R$2,00 #saudadeseternas). Claro que o encosto do meu ex pagou as hospedagens mas considere que eu trabalhava a menos de 6 meses na empresa, então com certeza com um pouso mais de tempo eu poderia ter dinheiro para pagar essas despesas.

A situação fica um pouco mais complicada quando se trata do Japão, que não é como nos EUA ou aqui no Brasil que qualquer quiosque numa calçada aceita cartão de crédito, lá é bem mais difícil! E o pior, com o dólar oscilando dia após dia e o IOF nas alturas, é mais garantido levar dinheiro do que depender de cartão e ter uma surpresa desagradável no final da viagem vendo a sua conta!

Desde 2013 que junto dinheiro para ir ao Japão e devo admitir que fui bem relaxada, se eu tivesse escolhido melhor as minhas prioridades eu poderia ter bem mais ÔRO pra gastar por lá, acabei me atrapalhando nas contas do cartão e tive que usar dinheiro da minha poupança para pagar, o que nos leva ao ensinamento numero 1:

"Planeje os seus gastos"

Faça uma planilha no excel com todas as suas contas: plano de saúde, faculdade, cartão, conta da casa, enfim, tudo o que você gasta em um mês. Super recomendo às pessoas atrapalhadas com planejamento que tenham o cartão do Nubank (não é publi, o negócio é bom mesmo), ele tem um aplicativo no celular que informa em tempo real todos os seus gastos, tem uma interface limpa e bem fácil de navegar e controlar as suas despesas mensais, recomendo super!

Depois de calcular todos os seus custos fixos por mês vem uma parte um pouco mais complicada, esse é o ensinamento numero 2:

"Controle as suas vontades"

Pense consigo mesma "O que é mais importante, juntar 150,00 pra minha viagem pro Japão ou comprar minha 15ª bolsa?", "O que vale mais a pena, ir para a Comic con ou juntar esse dinheiro?", "Passo o carnaval em Salvador ou no quarto assistindo Netflix?".
Não tenho absolutamente nada contra os casos que citei, mas se você REALMENTE prioriza uma viagem você tem que desapegar de outras coisas, isso não significa que você vai parar de se divertir, muito pelo contrário, mas será que nesse momento de juntar dinheiro você precisa realmente gastar essas 3 mil dilmas no carnaval em Salvador? Não seria melhor conhecer essa cidade linda uns 2 meses depois pagando menos da metade do preço?


Falando de valores bem rapidamente... (Vou abordar passagem e hospedagem em outro tópico) vou dar várias faixas de preço pelo que eu andei pesquisando
Para passar 13 dias no Japão:
Com 15 mil dilmas você paga passagem, hospedagem e vive como uma rainha.
Com 10 mil dilmas você paga passagem, hospedagem e consegue viver bem.
Com 7 mil dilmas você paga passagem, hospedagem, e vai passar um bom aperto!

P.S. Considere que esses são valores para viagens em grupo onde você racha a hospedagem com outras pessoas
P.S.2. Estou considerando a cotação do iene a 0,0365 que foi o menor valor que encontrei disponível em Fortaleza (Casas de câmbio de SP vendem o iene mais barato)

2. Planeje a época da viagem


Hanami no Shinjuku Gyoen versus neve em Shirakawa-go
Fontes: Savvytokyo Zicasso

 O Japão tem as 4 estações no país inteiro e cada uma delas pode ser aproveitada de maneiras diferentes, vou dar umas diquinhas rápidas sobre cada uma...

Primavera (do meio de Março até o começo de Maio)
Essa foi a estação que escolhemos ir por causa da floração das cerejeiras ♥
Durante a primavera a temperatura sobe um pouco e as tão sonhadas cerejeiras aparecem em várias províncias, tudo fica mais cheio de gente pois é o período das férias escolares das crianças, além disso, muitas famílias aproveitam a temperatura e a beleza das Sakura para passear e fazer piqueniques. Em algumas províncias mais afastadas de Tóquio ainda tem neve! Abril é o mês que mais atrai turistas para o Japão por causa das cerejeiras, além disso o final de Abril tem a famosa "golden week" que é um feriado como o carnaval por lá e muitos japoneses tiram essa semaninha para passear e viajar!
Por causa da alta estação os valores dos assentos nos Shinkansen (trem bala) são mais caros do que o normal (em torno de ¥1,000 mais caro).

Links úteis sobre a Sakura season
Sakura weather map - Informações atualizadas a respeito da floração das cerejeiras, com o melhor dia para visitar cada província (em Japonês)
Cherry blossom spots - Dicas de locais para aproveitar as cerejeiras em várias províncias diferentes (Em inglês)

Verão (do meio de Maio até o começo de Setembro)
O começo do verão é uma época considerada agradável pois as temperaturas não estão tão altas e a maioria dos pontos turísticos fica bem menos lotada. Um dos maiores problemas do verão Japonês é a tsuyu (época de chuva) que começa mais ou menos em Junho/Julho e fica quente pra caramba! Áreas mais elevadas como Hokkaido podem ser uma boa escolha para quem quiser fugir do calorão. Nessa época o Monte Fuji é aberto para alpinismo e dá pra pegar uma praia. Tem mais férias escolares do final de Julho até Agosto então prepara o fôlego pra multidão!
O verão japonês pode ser muito quente e úmido, a gente vê quase todos os anos no jornal muitas crianças e idosos sofrerem com as altas temperaturas, mas também é a temporada dos insetos! 
Achei esse vídeo do "Japão por outros olhos" mostrando um pouquinho do verão por lá (Gent eu adoro esse canal, é mto bom!)


Outono (do meio de Setembro até começo de Novembro)
O outono é minha estação favorita da vida, as cores das árvores durante essa época atraem muitas pessoas para diversos parques no país. No começo do outono a temperatura ainda é quente mas o clima não é tão úmido como no verão

Links úteis sobre "Autumn color" season
Autumn colors - Registro feito pelo japan-guide das cores do outono pelo Japão
Best autumn color spots - Dicas de locais para aproveitar as cores do outono em várias províncias diferentes

Inverno (do meio de Novembro até começo de Março)
O inverno apesar de frio tende a ter dias limpos, quase não neva em Tokyo mas fica bem gelado! Se você for visitar alguma cidade como Shirakawa onde tem festivais de neve, você provavelmente vai precisar comprar sapatos de neve!
No final do ano tem uma grande movimentação no país por causa, novamente, das férias escolares e das festividades de ano novo. Lembrando que no final de dezembro já começam as promoções das Fukubukuro (Lucky bags) que levam a filas quilométricas nas lojas que oferecem esse tipo de promoção.

Fontes: 1, 2, 3


E aí meninas, curtiram? Essa foi a nossa part 1 e estou planejando os seguintes temas para as próximas partes:

Parte 2: Montando o seu itinerário, Comprando a sua passagem, Escolhendo a hospedagem, Tirar o visto japonês, Japan Rail Pass
Parte 3: O que comprar no Japão, O que levar para o Japão, O que levar na mala e bolsa de mão

Quem curtiu a idéia da série?
- Luciana

8 comentários:

Tá difícil, mas não deixo de comprar

20:12 Tokyo Fashion Girls 5 Comentários

Oi meninas!

Como eu comentei no post passado, deixei de comprar quase tudo de fora por causa do cerco às importações, dólar, etc.
Porém, depois de anos experimentando e testando produtos diferentes é impossível que tudo possa ser descartado e trocado por outros não é? Essa lista que fiz hoje tem os produtos que eu não vou deixar de comprar, mesmo com todos os problemas com importações!

1. Blush "Pink flamingo" da Candy Doll

Tenho esse mesmo blush há MUITO tempo (Review aqui) e ele não está nem na metade! Esse blush foi descontinuado e a Candy doll agora só vende essa cor em uma versão "duo" que vem junto com um iluminador, nunca testei essa versão nova mas só espero que a fórmula do blush não tenha mudado. Mantenho a minha opinião de que esse blush tem o tom de pêssego mais bonito que eu já vi, ele é macio, bonito, tem a embalagem fácil de levar em viagem, só não tem uma fixação boa, mas isso eu relevo!

2. Imju Déjavu lash knockout mascara


Review aqui
Essa máscara foi um divisor de águas pra mim porque eu nunca testei uma máscara tão completa assim. Eu tinha até pensado em colocar essa máscara e a máscara de volume da Dolly wink, mas eu senti que a Lash Knockout é mais versátil pra mim, ela dá volume, alonga, separa (quando tá novinha) e isso é praticamente um achado, você raramente encontra produtos que fazem tudo isso e que servem pro seu tipo de cílios. A minha já acabou faz uns 3 meses, estou me virando com algumas que tenho só para acabar com elas logo mas ela está na minha lista de comprinhas no Japão!

3. Kosé Softymo Whitening cleansing oil


Esse demaquilante foi indicado pra mim por uma leitora super querida e isso mudou my life! Review aqui.
Desde que comecei a usar vim testando todos os tipos, já testei esse meu preferido que é o whitening, já testei o speedy mas caí na burrada de comprar o "deep" recentemente e me arrependi, não que ele seja ruim, mas como o nome já diz, ele vai muito a fundo na limpeza, o que é um saco pra tirar depois!

A parte boa do "whitening" é que ele limpa tudo rapidamente e é mais simples de remover, óleo de limpeza é uma coisa que não falta mais na minha vida há alguns anos por tornar a remoção da maquiagem muito mais fácil! Isso é um negócio incrível! Se um dia você estiver endinheirada e disposta a esperar alguns meses pra encomenda chegar pode pedir esse aí sem medo que você não vai se arrepender, vale a pena cada centavo!

4. Bioré aqua rich UV


Review aqui.
Quando os produtos asiáticos começaram a fazer sucesso com blogueiras brasileiras a primeira coisa que elas descobriram foi a maravilha que são os protetores solares (não é pra menos!).
Não cheguei a testar muitos porque quando descobri esse aqui não quis mais arriscar, já comprei uns 3-4 tubos e estou ansiosa para trazer um estoque!
Ele tem FPS 50, dura bastante apesar do tamanho pequeno, não tem cheiro, é muito leve e fácil de aplicar, não deixa a pele grudenta ou brilhosa e protege mesmo do sol, é uma maravilha!

5. Diamond lash "Little wink" series Muse eye (ミューズeye)


Falar da Diamond Lash já é desbancar tudo o que existe no mundo a respeito de cílios né? Apesar de eu assumidamente já ter dito que a Dolly wink produz cílios de melhor qualidade os Diamond Lashes se destacam pela variedade de modelos (Acabei de ver que lançaram 4 séries novas enquanto estive inativa minha gente!) e também pelo preço x quantidade de cada pacote, cada pacote de DL vem com 5 pares enquanto os Dolly Wink vem com apenas 2 (E custam um pouco mais caro).
Escolhi esse modelo em específico porque ele é um quase "half lash" e eu amo esse tipo de modelo porque é muito mais fácil de aplicar do que os "full lash" e também porque os meus tem durado ETERNIDADES, tipo, sério! Eu tenho eles há anos, tudo bem que eu tenho MUITOS cílios e quase não uso, mas eles são super resistentes, fáceis de aplicar, não são tão naturais mas é o que eu gosto, enfim, muito amor envolvido.
Dei uma pesquisada e acredito que nunca cheguei a fazer review deles!

6. Loções clareadoras


A partir desse ponto não vou falar mais de itens específicos mas sim de produtos que independente da marca eu só vou comprar da ásia. Já falei aqui várias vezes que esse tipo de produto não tem como objetivo clarear a cor natural da sua pele, ele vai clarear as partes da sua pele que foram escurecidas devido ao sol ou outros fatores e deixar a pele da cor natural.
Como eu sou muito branca de vez em quando tenho que usar esses produtos pra tirar "marca da camisa" (ai que horror!). Já testei algumas versões de loções assim, umas boas outras nem tanto mas esse é um mundo que com certeza não vou parar de buscar novidades!

7. Hair mist


Agora já vendem várias marcas de Hair Mist no Brasil!!! Muito bemm!!!
Porém, não vou trocar o certo pelo duvidoso e vou continuar com os hair mists que conheço da Liese e da Shiseido. Para quem não conhece ou não lembra de eu ter comentado esses produtos são tipo uma "aguinha" com propriedades hidratantes que você passa no cabelo, eu gosto de passar antes de dormir pra acordar com o cabelo super macio e brilhoso, mas tem gente que usa de dia.
Meu cabelo atualmente é cacheado rebelde da raiz sebosa então usar cremes antes de dormir me deixa com muita caspa no dia seguinte, esses "hair mist" fazem milagres e conseguem hidratar o cabelo em poucas horas!

E aí gente, o que vocês acharam? Aposto que muitas meninas aqui deixaram de comprar de fora durante esses anos difíceis, tem algum produto como esses que eu citei acima que vocês continuam comprando mesmo com as adversidades?

Luciana (Sem assinatura bonitinha por enquanto)

5 comentários: